ff

REDECIDADES
   
passofundo.net
cruzalta.net
soledade.net
lagoadostrescantos.net
viamão.net
carazinho.net
guaiba.net
caxias.net
saoleopoldo.net
espumoso.net
   

 

Cidade

 
Google
 

Dados Gerais e Censitários de Tapera


Criação: 18/12/1954
Emancipação: 28/02/1955
Colonização: alemã e italiana
População: 10.650 habitantes
Urbana: 8626 e Rural: 2024
Área: 184 km2
Altitude média: 450 metros
Distância da capital: 284 Km
Via de Acesso: RS-142, RS-44, RS-332, RS-223, RS-285

SAÚDE

Estrutura Física:
5 unidades de saúde (todas possuem consultório odontológico)
1 unidade centro
3 unidades em vilas
1 unidade atende todo o interior

Estrutura Legal:
Saúde pública municipalizada em atenção básica
Conselho municipal de saúde atuante
Recursos Humanos
4 Cirurgiões-dentistas
5 Médicos
2 Auxiliares de consultório odontológicos
6 Agentes comunitários
3 Enfermeiras
6 Auxiliares de enfermagem
2 Psicólogas

Estabelecimentos Comerciais: 188
Estabelecimentos Industriais: 19

Produção Agrícola

Produto
Área
Produção
Soja
10.500ha.
2.500 Kg/ha.
Milho
2.000ha.
4.200 Kg/ha.
Trigo
2.000ha.
2.100 Kg/ha.
Cevada
1.200ha.
2.400 Kg/ha.

Produção Pecuária :

Produto
Produção
Leite
7.000 t/ano
Suínos
2.346 t/ano
Aves de Corte
144 t/ano
 

História

Abaixo estão transcritos textos do livro "TAPERA - A Caminhada de um Povo"
Se você sabe de outros dados, por favor entre em contato.

ORIGEM DO NOME "TAPERA"

Albert Schmitt, ao se instalar na região para proceder à medição e à colonização das áreas de terra, escolheu um desmatado, exatamente onde hoje se situa o Curtume Mombelli. Naquela época, o local já era conhecido como tapera. Nome dado em virtude de existir, próximo ao acampamento de Schmitt, mais especificamente na esquina da hoje rua Coronel Gervásio com a Rui Barbosa, à direita, um rancho abandonado. Os viajantes que ali passavam, paravam no rancho para descansar à sombra e tomar água, pois a uns sessenta metros havia um arroio, hoje chamado arroio Tapera. O rancho tinha, aproximadamente, cinco por quatro metros. Era de chão batido, com duas águas e paredes de madeira lascada; tinha uma porta para o lado norte e pequena abertura no oitão; era coberto de taboinhas de pinho, também lascadas, tendo orientação leste-oeste. Segundo contam os pioneiros, tal rancho foi construído por volta de 1890, por Anastacio Lopes, conhecido como "Castelhano" , foragido da justiça, o qual provavelmente o abandonou ao perceber que o local já não era seguro para um foragido da lei.

OS PRIMEIROS COLONIZADORES

Em meados de 1897, Albert Schmitt deslocou-se para o Alto Jacuí, com homens, bagagens e todo aparelhamento necessário para o trabalho de medição das terras. Ali já residia Germano Kroessim, vindo de São Leopoldo, e Fabrício Boron, vindo de Garibaldi, que já tinha um pequeno boteco, sinal de que, pelas redondezas, havia gente e transitavam viandantes. Em fins de 1897, José Baggio fixou residência em Tapera e começou a atrair colonos italianos que moravam nas "colônias velhas". Em 1898, começaram a chegar alemães e italianos para a grande aventura que seria desbravar uma região coberta de mata densa. As dificuldades eram muito grandes. As estradas eram picadas de difícil trafegabilidade, sujeitas à invasão de animais e de mato. A alimentação era simples e os colonizadores se valiam de alguma criação, a caça e a pesca, abundantes no local. O comércio praticamente inexistia e era necessário ir a Passo Fundo para o pagamento de impostos e registros. A viagem levava de um a dois dias. A vida dos primeiros moradores foi muito dura, mas a solidariedade, a fé religiosa e o espírito de pioneirismo, fizeram com que as dificuldades fossem superadas.

EVOLUÇÃO DA FORMAÇÀO DO ATUAL
MUNICÍPIO DE TAPERA/ RS

CRUZ ALTA PASSO FUNDO - emancipação - 1857
CARAZINHO - emancipação- 1931
TAPERA - ex 8º distrito de Passo Fundo -ex 3º distrito de Carazinho -
  emancipação - 1954
SELBACH - ex 2o distrito de Tapera - emancipação - 1965
LAGOA DOS TRES CANTOS - ex 2º distrito de Tapera - emancipação -
  1992

PREFEITOS

1955 a 1959: Dionísio Lothário Chassot
1960 a 1963: João Maximiliano Batistella
1964 a1968: Romeu Claudio Kloeckner
1969 a1972: João Maximiliano Batistella
1973 a 1976: Isidoro Gregório Simon
1977 a 1982: João Maximiliano Batistella
1983 a 1988: Ireneu Orth
1989 a 1992: Luiz Antônio Brunori
1993 a 1996: Ireneu Orth
1997 a 2000: Luiz Antônio Brunori
2001 a 2004: Nelson Balensiefer
2005 a 2008: Nestor Arnemann

www.ufo.tv.br


   

WM INTERNET